Dono e comandante da Cavalo Marinho I são denunciados pelo MP por acidente

 

O proprietário da empresa CL Transporte Marítimo, Lívio Garcia Galvão Júnior, e o comandante da embarcação Cavalo Marinho I, Osvaldo Coelho Barreto, foram denunciados hoje (30) pelo Ministério Público da Bahia pela morte de 19 pessoas no acidente durante a travessia entre Mar Grande e Salvador, em agosto do ano passado.

O MP pede que os dois acusados sejam condenados por homicídio culposo e lesão corporal culposa. De acordo com a denúncia, baseada nos laudos do inquérito policial, os réus agiram com “imprudência e imperícia”.

No caso, Galvão é responsabilizado por autorizar e efetuar a reforma da lancha, sem possuir as habilidades técnicas necessárias. O marinheiro Osvaldo Barreto é acusado de não ter suspendido a travessia, na condição de comandante, mesmo com “condições climáticas adversas”.

COMPARTILHAR