Moro manda exonerar diretora da Funai na mira do MP, mas pedido não é publicado no DO

 

O ministro da Justiça, Sérgio Moro, encaminhou à Casa Civil um pedido de exoneração da diretora de Proteção Territorial da Funai, Azelene Inacio, por conta de uma investigação do Ministério Público que aponta conflito de interesse por parte da servidora. As informações são da jornalista Andreia Sadi.

De acordo com a publicação, a demissão, até agora, não foi publicada no Diário Oficial da União, o que teria surpreendido o Ministério da Justiça e a ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves. No governo Jair Bolsonaro, a Funai foi transferida do Ministério da Justiça para a pasta de Damares. A exoneração everia ter sido publicada no último dia 10.

Nesta segunda-feira (14), o Ministério da Justiça voltou a confirmar que o pedido de exoneração foi realizado e encaminhado. A pasta ainda informou que “não entendeu por que ainda não foi publicada a demissão”.

COMPARTILHAR