Operação da Polícia Federal combate fraudes bancárias pela internet

 

A Polícia Federal (PF) deflagrou hoje (4) uma operação para desarticular uma organização criminosa especializada em fraudes bancárias via internet banking. Na ação, que tem o nome de BR 153, são cumpridos 12 mandados de busca e apreensão e quatro de prisão preventiva, nos estados do Pará, Tocantins e Goiás, além do Distrito Federal. A Justiça Federal decretou a indisponibilidade de bens e valores dos investigados, além do sequestro de automóveis de luxo.

Segundo a corporação, o grupo atuava desde 2012 na prática de furtos qualificados mediante fraude, com prejuízos catalogados que já ultrapassam R$ 800 mil. A organização criava páginas de internet idênticas às de bancos como Caixa Econômica Federal e Itaú, com o objetivo de enganar os clientes e obter informações pessoais e senhas bancárias por meio de programas de captura de dados.

A operação foi batizada com o nome da principal rodovia que liga os estados envolvidos na ação.

COMPARTILHAR