Salvador é apenas a 9ª capital na contratação de jovens

 

A cidade de Itatiaia (RJ) foi a que mais aumentou as contratações: na comparação com o primeiro semestre de 2017, foram 838,5% mais jovens admitidos

O Brasil contratou, no primeiro semestre de 2018, mais de 227.626 jovens aprendizes. Na comparação com o mesmo período do ano passado, o número de admissões cresceu em diversas cidades do País: Itatiaia (RJ), teve 838,5% mais contratações; Itápolis (SP) teve 618,2%; Palmeiras de Goiás (GO), teve 516,7%; Pradópolis (SP), 509,1%; e São Manuel (SP), 427,3%.

Os dados constam no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho. No ranking de admissões dessa mão de obra, ocupam os 10 primeiros lugares as seguintes capitais: São Paulo (22.721), Rio de Janeiro (12.188), Belo Horizonte (5.114), Goiânia (5.099), Brasília (4.958), Fortaleza (4.618), Porto Alegre (3.750), Curitiba (3.650), Salvador (3.645) e Recife (2.777).

Entre os setores que mais contrataram estão o de Serviços, com 93.879 admissões; Indústria da Transformação, com 60.475; e Comércio, com 57.444. As ocupações com mais oportunidades para os jovens foram as de auxiliar de escritório e assistente administrativo: mais de 50% de todas as contratações ocorreram nessas áreas. Tiveram destaque também as funções de vendedor do comércio varejista, repositor de mercadoria e mecânico de manutenção de máquinas

Fonte: brasil.gov.br

COMPARTILHAR