STF deve decidir amanhã se Bolsonaro vira réu mais uma vez

 

Uma denúncia contra o candidato do PSL ao Planalto, Jair Bolsonaro, acusado de racismo em relação a quilombolas, indígenas, refugiados, mulheres e LGBTs está prevista para ser julgada amanhã (28) pela Primeira Turma do STF (Supremo Tribunal Federal).

Caso o colegiado entenda que há elementos que justifiquem a abertura de uma ação penal, o deputado vai ser tornar réu sob a acusação de racismo.

O presidenciável já é réu em duas outras ações penais no STF acusado de incitar o estupro, em um caso que envolve a deputada Maria do Rosário (PT-RS).

O julgamento estava previsto para o dia 4 de setembro, mas foi adiado após uma solicitação da defesa de Bolson

COMPARTILHAR