Vereador de Candeias ameaça filho de subsecretário com arma de fogo

Vereador da cidade de Candeias, na Bahia, Arnaldo Araújo (PSDB) ameaçou o filho do subsecretário municipal Adejair Junior com uma arma de fogo após o primeiro turno da eleição deste ano. De acordo com informações recebidas pelo Metro1, o tucano ficou irritado após seu candidato a deputado estadual, Valdir Cruz, ser derrotado

“Ele chegou chamando por meu nome. Quando o meu filho atendeu a porta, foi recebido por Arnaldo, que portava uma arma. Ele recebeu agressões verbais e se sentiu ameaçado, foi quando me ligou, dizendo que o que havia ocorrido” afirmou Adejair.

O vereador está sendo investigado pela 20° Delegacia Territorial de Candeias, pelo crime de ameaça. O processo estava sendo conduzido de forma sigilosa, mas foi distribuído à imprensa nesta semana, quando o vereador teve de prestar esclarecimentos sobre o fato na delegacia da cidade.

Apesar de ter protagonizado a ameaça e acusado o subsecretario de praticar boca de urna, o vereador Arnaldo Araujo responde por uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral, proposta pelo Ministério Publico Eleitoral, por ter, supostamente, comprado votos quando se elegeu, em 2016. O processo pede a cassação de seu mandato.

A causa tramita na Justiça eleitoral e foi motivada por denúncias de que eleitores receberam R$ 100 para votar no político. À época, a Polícia Federal realizou a Operação Donum, e cerca de 20 policiais da PF cumpriram seis mandados de busca e apreensão na casa e em estabelecimentos comerciais de Júnior.

Fonte:metro1

COMPARTILHAR