Ação do Rock in Rio Café não vai impedir Festival da Virada, afirma presidente da Saltur

O Festival da Virada de Salvador está garantido. É o que afirma o presidente da Empresa de Turismo de Salvador (Saltur), Isaac Edington. Segundo o gestor, não há indícios para o cancelamento da festa que inicia no dia 28 de dezembro e vai até o dia 1º de janeiro.

“Todo mundo sabe que a ação está no Tribunal de Justiça e não é qualquer liminar que vai derrubar [a festa]. Em breve devemos ser acionados, se é que vamos ser até o Réveillon. O Réveillon está garantido”, afirmou Edington em entrevista ao programa Se Liga Bocão na noite desta quarta-feira (20).

O presidente explicou como foi decidida a mudança do local, que passou da Praça Cairu, no Comércio, para a Boca do Rio. “Fizemos na Cairu durante três anos e foi muito bem sucedido, todos os anos registrando indicativos melhores. Mas se tínhamos condições de fazer melhor, vamos fazer. O prefeito então nos desafiou a encontrar um local ainda melhor, mais aprazível para os turistas e mais confortável para os soteropolitanos. O réveillon será ao lado do antigo aeroclube. É uma área que será o parque dos ventos que é um espaço público. E será a arena cidade da música para eventos dessa envergadura”, explicou.

Na denúncia publicada pelo BNews, a Aeroclube Entretenimento LTDA, que atuava sob o nome de fantasia “ROCK IN RIO CAFÉ SALVADOR”, requereu, através de ação de tutela cautelar, o embargo de todo e qualquer evento na região, que está sub judice. O pedido foi protocolado na 8ª Vara da Fazenda Pública da Comarca de Salvador, nesta terça-feira (19).

COMPARTILHAR