Anvisa divulga novas advertências para maços de cigarro

 

As novas advertências se referem ao câncer de boca, cegueira, envelhecimento, fumo passivo, impotência sexual, infarto, trombose e gangrena, e parto prematuro

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) divulgou, nesta sexta-feira, uma resolução com as novas imagens de advertência sanitária que serão obrigatórias nos rótulos dos cigarros. Um dos avisos, apresenta o risco de disfunção erétil causado pelo hábito de fumar. Há ainda alertas sobre problemas cardíacos, cegueira e fumo passivo.

A norma, segundo a Anvisa, é válida para todos os produtos fumígenos derivados do tabaco, tais como: cigarros, cigarrilhas, charutos, fumos de cachimbo, fumos de narguilé, rapé, dentre outros. As mudanças entram em vigor a partir de 25 de maio de 2018, mas as empresas que já quiserem, poderão se adequar antes do prazo.

O não cumprimento da nova regulamentação implica em infração sanitária, estando os fabricantes e estabelecimentos que comercializam esses produtos sujeitos a penalidades que podem chegar a R$ 1,5 milhão.

As mensagens apresentam uma comunicação mais direta aos consumidores sobre os riscos desses produtos à saúde e utilizam cores que dão mais destaque às mensagens do que nos avisos anteriores. As novas advertências se referem ao câncer de boca, cegueira, envelhecimento, fumo passivo, impotência sexual, infarto, trombose e gangrena, e parto prematuro.

COMPARTILHAR