Após vice ser impugnado, Gilson Presídio coloca filho na chapa

A chapa “Democracia Vitoriana” será constituída por pai e filho. Gilson Presídio, candidato à presidência do Vitória, escolheu o seu rebento Gabriel Presídio para vice-presidente, após Jânio Ferraz ter sido impedido de participar da disputa eleitoral, já que ele não tinha tempo suficiente de associação. O estatuto exige que o aspirante ao cargo tenha pelo menos 36 meses como sócio. A inscrição de Gabriel foi feita nesta terça-feira (11) e homologada pela comissão eleitoral. O pleito acontece nesta quarta (12), das 8h às 20h (horário de Salvador), no complexo Barradão. Além de Gilson Presídio, mais quatro candidatos disputam à presidência: Manoel Matos, da Chapa Vitória Unido, Vitória Forte, Raimundo Viana, da chapa “Amor de Leão”, Ricardo David, da chapa “Ricardo Presidente, Tiago Ruas, da chapa “Modernizar Para Vencer”.

COMPARTILHAR