Candeias: Clínica da Mulher realizou mais de 10 mil atendimentos

Foram realizadas 1007 mamografias de outubro de 2018 até o mês de fevereiro do ano corrente
A Prefeitura de Candeias, por meio da Secretaria Municipal de Saúde – Sesau, realizou no ano de 2018, na Clínica de Referência da Mulher, localizada na Rua do Passé, Centro, um total de 10.754 atendimentos. Deste total de acolhimento foram 2.883 por ginecologistas, 522 de obstetras no pré-natal de alto risco, 1.321 mastologistas, 1.188 nutricionistas, 636 psicólogos, 522 com enfermeiro, 45 com assistentes sociais, 3.152 exames de ultrassonografia e 1.007 exames de mamografia, uma média de 201 por mês. Os exames de mamografia foram contabilizados a partir de outubro, mês em que começou a realizar o procedimento, até fevereiro de 2019. O mamógrafo foi uma doação do Governo da Bahia e, pela primeira vez, existe esse equipamento público no Município.
Além dos atendimentos contabilizados, a Prefeitura realiza triagens para atendimentos emergenciais e encaminhamentos para consultas conforme a necessidade de cada paciente.
Conforme Ministério da Saúde, e com o propósito na prevenção da doença, tem como público alvo na realização de exames de mamografia mulheres de 50 a 69 anos (se não houver sinais e sintomas suspeitos). De acordo com a coordenadora da Clínica da Mulher, Josy de Carvalho, a procura maior, no município, tem sido por mulheres de 48 a 63 anos. “A partir da solicitação médica, todas tem realizado o exame e encaminhadas para o Mastologista, quando necessário. Para um serviço de qualidade, integro e individualizado contamos sempre com o apoio de outras unidades”, disse Josy.
A Sesau uni todos os setores para realização de um serviço de excelência para qualificar o atendimento ao paciente. A parceria com a Atenção Básica do Município na disseminação de informações, por meio dos Agentes Comunitários, junto a comunidade, informando sobre os serviços realizados, como e quando procurar a Clínica da Mulher e outros setores da secretaria é de fundamental importância para o desenvolvimento da saúde no município.

Edcarla Teles
DRT – 4740/BA
Foto: Ascom

COMPARTILHAR