Deputado baiano que chamou governo Bolsonaro de “canalha” é cotado para presidência da Câmara Federal

 

Apesar de só ocorrer em 2021, as articulações para eleição para a sucessão de Rodrigo Maia (DEM) na presidência da Câmara Federal estão a todo vapor.

De acordo com o Estadão, o democrata deve apoiar o líder do seu partido na Casa, o baiano Elmar Nascimento, na queda de braço e viabilizar a manutenção do partido no principal cargo da Câmara Baixa do Congresso Nacional.
Ao periódico paulista, Elmar desconversa sobre essa possibilidade, afirmando que “essa disputa está muito longe para fazermos conjecturas”.

O político tem figurado diversas situações nas quais prega independência do parlamento em detrimento ao presidente Jair Bolsonaro (PSL) e já chamou na tribuna da Casa o governo de canalha.

COMPARTILHAR