Dilma diz que vai processar Bolsonaro por declaração ‘mentirosa’

 

A ex-presidente Dilma Rousseff afirmou que vai processar cível e criminalmente o presidente Jair Bolsonaro após declaração dele em viagem aos Estados Unidos. Bolsonaro disse que Dilma teve “mãos manchadas de sangue na luta armada”. A ex-presidente disse que a declaração é “mentirosa e caluniosa”. As informações são do jornal O Globo.

“Durante a resistência à ditadura – e muito menos no período democrático –, jamais participei de atos armados ou ações que tivessem ou pudessem levar à morte de quem quer que seja. Ao contrário dos heróis e homenageados pelo senhor Bolsonaro que, durante a ditadura e depois dela, tiveram suas mãos manchadas do nosso sangue – militantes brasileiros e brasileiras – pelas torturas e assassinatos cometidos contra nós”, declarou Dilma.

Em nota, a ex-presidente completa dizendo que não se curvou “a qualquer potência estrangeira, respeitando todas as nações, da mais empobrecida à mais rica”.

COMPARTILHAR