Em setembro, inflação na RMS sobe para 0,14%, diz IBGE

 

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que é a medida oficial da inflação, ficou em 0,14% na Região Metropolitana de Salvador (RMS) em setembro, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Embora represente alta em relação ao índice de agosto, o resultado ficou abaixo do apurado em setembro de 2018.

A inflação de setembro na RMS ficou bem acima da média nacional (-0,04%) e foi a terceira mais alta dentre as 16 áreas investigadas pelo IBGE, abaixo apenas dos índices registrados em Goiânia (GO) (0,41%) e Rio Branco (AC) (0,30%). Com o resultado do mês, o IPCA na região acumula alta de 2,32% no ano de 2019, mas ainda se mantendo abaixo do verificado no país como um todo (2,49%).

A inflação acumulada neste ano na RMS também é mais baixa do que do mesmo período de 2018 (3,30%). Já no acumulado nos 12 meses encerrados em setembro, a inflação na RM Salvador desacelerou, indo a 3,05% (havia ficado em 3,27% em agosto). Está maior, porém, que a média nacional (2,89%).

A alta na inflação da RMS em setembro foi puxada por cinco dos nove grupos de produtos e serviços pesquisados. A maior contribuição foi dos segmentos de habitação (0,76%) e saúde e cuidados pessoais (0,98%).

COMPARTILHAR