Estudo aponta que maioria dos alunos de universidades federais sofre com ansiedade

 

A maioria (63,6%) dos estudantes de instituições federais de ensino superior sofre com ansiedade. Os dados referentes ao ano passado constam de pesquisa divulgada ontem (16) pela Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes).

O índice é semelhante ao de 2010, quando 70% dos alunos relatavam passar pelo problema. Em 2014, o percentual era de 58,4%.

A lista de dificuldades emocionais inclui ainda tristeza persistente (22,9%), timidez excessiva (16,2%), medo/pânico (13,5%), insônia (32,7%), pensamento suicida (8,5%).

COMPARTILHAR