Estuprador afirma que imitou cenas agressivas de videogame

 

Rafael Almeida Schettini, 19 anos, foi preso por policiais do 8º Batalhão da Polícia Militar (BPM) de Porto Seguro, no Extremo Sul baiano a 707 km de salvador, momentos depois de sequestrar, espancar, estuprar e tentar matar uma mulher, crimes ocorridos poucas horas antes da prisão. O agressor alegou replicar um videogame.

A vítima foi encontrada, muito machucada, numa estrada deserta, por um homem que prestou socorro e comunicou a situação a uma guarnição da PM. “Imediatamente montamos um cerco na BR 367, na saída de Porto Seguro e conseguimos capturá-lo ainda com o veículo da vítima”, explicou o comandante do 8º BPM, tenente-coronel Anacleto França.

Ainda hospitalizada, a mulher relatou que estava no centro da cidade, dentro do carro, em frente a uma agência bancária, quando Rafael entrou pela porta de trás, exigindo dinheiro. Ela fez uma transferência de R$600 para a conta do criminoso, através de um aplicativo de celular, mas, ainda assim, o acusado levou a vítima para um lugar deserto, cometeu estupro e tentou matá-la com golpes, utilizando o macaco hidráulico do carro. Ele ainda tentou enforcá-la e, na fuga, ainda a atropelou diversas vezes.

No depoimento, o criminoso alegou repetir os acontecimentos de um videogame. Ele foi encaminhado para audiência de custódia e já seguiu para a penitenciária.

“Se outras mulheres reconhecerem o criminoso, solicitamos que procurem a delegacia para registrarem a denúncia”, disse o delegado Moisés Nunes Damasceno, titular da 23ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Eunápolis).

Fonte: Flávia Vieira / Ascom/SSP/BA

COMPARTILHAR