Geninho não garante que fica ou sai do Vitória: ‘Não tenho nada definido’

 

O Vitória terminou a temporada perdendo, dentro de casa, para o Coritiba pelo placar de 2×1. O Leão encerrou a Série B na 12ª colocação com 45 pontos.

Questionado se a missão foi cumprida, Geninho respondeu: “Acho que sim. Eu gostaria muito de terminar hoje com uma vitória, eu sou daquelas pessoas que não gosta de perder em nada. Se fizéssemos um jogo normal poderíamos ter vencido. Acho que não vencemos porque não fizemos um jogo ao nível do que o Vitória pode fazer. Mas, para aquilo que fui contratado, nós conseguimos atingir”, disse.

Sobre seguir no comando técnico do rubro-negro baiano, Geninho afirmou que não tem uma definição sobre o futuro. “Eu tenho um acordo com o Vitória que se estende por mais uns dias, apesar do meu trabalho efetivo terminar hoje. Nada mais natural que nas reuniões que tivemos eu participasse opinando sobre o que eu acho do time, fazendo uma análise individual dos jogadores que temos no grupo e alguns nomes que podem vir para o próximo ano. Mas eu não tenho nada definido. Devo definir na segunda-feira (2)”, revelou o treinador.

O treinador também revelou que precisará passar por um processo cirúrgico e que com isso não sabe se voltará a trabalhar no início de janeiro ou se estenderá seu período de férias.

No comando do Vitória em 2019, Geninho fez 14 partidas com cinco vitórias, seis empates e três derrotas.

COMPARTILHAR