Gestora do Planserv após queixas dos usuários diz: “Se tiver descumprimento, vai haver descredenciamento”

A coordenadora-geral da Assistência à Saúde dos Servidores Públicos Estaduais (Planserv), Cristina Teixeira Cardoso, esclareceu alguns pontos sobre o descredenciamento de parceiros que descumprem contrato do plano.

Em entrevista ao apresentador José Eduardo, na Metrópole FM, na manhã desta quarta-feira (6), a gestora pública afirmou que as reclamações recebidas dos beneficiários são apuradas. “Chegando as queixas dos usuários, a gente precisa notificar. E é um processo normal, com defesa, contraditório, que vai acabar com o descredenciamento ou arquivamento do processo. Vale destacar também que isso é um processo contínuo, inclusive para a gente valorizar as parcerias com aqueles prestadores que atendem bem e agregram valores para os pacientes. Qualquer dificuldade precisa ser notificada. Se tiver descumprimento contratual, vai haver descredenciamento”, ressaltou.

Ainda segundo Cardoso, nos próximos dias deve ser divulgada uma lista de descredenciados. “Existe um volume de queixas dos beneficiários. Agora vai sair uma lista de descredenciamento, mas tudo dentro do processo normal de qualificação dos serviços”, explicou.

COMPARTILHAR