Horário de Verão termina à meia-noite

 

Termina neste fim de semana, hoje à meia-noite, o Horário de Verão Brasileiro. Em 10 Estados do país (São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Distrito Federal), à meia-noite de domingo, 17, os relógios devem ser atrasados em 1 hora. Tradição no Brasil, o Horário de Verão existe desde 1985.

Muito questionado por parte da população, por incomodar quem tem uma rotina de acordar muito cedo para trabalhar ou estudar, o governo federal ainda usa a manobra do horário de verão devido ao sobrecarregamento do sistema elétrico. Atualmente, mesmo com os dias mais longos, o uso de energia elétrica durante o período chega perto da neutralidade. Além disso, alguns setores econômicos, como o de varejo e de esporte, se beneficiam economicamente com um período prolongado de luz natural.

Após o fim do horário de verão, os fusos horários do Brasil voltam a normalidade, com o leste do Amazonas e os estados de Roraima e Rondônia com 1 hora de atraso em relação a Brasília, enquanto oeste do Amazonas e Acre ficam 2 horas atrás.

Resultado duvidoso

Adotado continuamente desde 1985, o horário de verão possui o objetivo de conscientizar a população em relação ao aproveitamento da luz natural, além de estimular o uso, de forma racional, de energia elétrica entre os meses de novembro e fevereiro.

No entanto, a avaliação dos atuais impactos na redução do consumo e da demanda de energia elétrica, contida nos estudos realizados em pelo Operador Nacional do Sistema (ONS) em conjunto com o Ministério de Minas e Energia (MME), mostram que a adoção do horário de verão, atualmente, tem trazido resultados próximos da neutralidade para o sistema elétrico.

COMPARTILHAR