Mãe de Emanuel e Emanuelle diz que não tem que perdoar Kátia Vargas: ‘ela que tem que se perdoar’

 

manhã desta quarta-feira (6), segundo dia do julgamento da médica Kátia Vargas, foi para depoimento da ré. A médica é acusada de homicídio triplamente qualificado dos irmãos Emanuel e Emanuelle em 2013 no bairro de Ondina.

Durante uma pausa do julgamento, no final da manhã, a mãe das vítimas, Dona Marinúbia, falou com a imprensa. Ela disse que a médica “sabe que jogou o carro na moto”. Afirmou ainda que não tem que perdoar Kátia, mas que a médica que tem que se perdoar.

Em seu depoimento, Kátia disse que tentou uma ultrapassagem da moto.

COMPARTILHAR