Ministério da Agricultura encontra lote de cerveja contaminado no Espírito Santo

 

O Ministério da Agricultura encontrou no Espírito Santo unidades do lote 1348 da cerveja Backer. Este é um dos lotes que apresentou dietilenoglicol, segundo a Polícia Civil de Minas Gerais. A substância tóxica encontrada na bebida causou a morte de três pessoas e deixou outras 15 internadas.

“Existe a presença do lote no Espírito Santo. Agora, se ele está com problema, só saberemos após as análises. E é isso o que nós estamos fazendo”, explicou o superintendente do Ministério da Agricultura no Estado, Aureliano Nogueira, ao G1. A unidades serão analisadas em Belo Horizonte.

Comercializada no Espírito Santo com o nome de Capixaba, a cerveja Belorizontina foi retirada de todos os comércios do Espírito Santo, assim como todas as outras garrafas da cervejaria Backer. Além de recolher os produtos e suspender as vendas, foi determinado que os estabelecimentos apresentem as notas de compra e venda do produto.

“A equipe de auditores coletará amostras de todos os lotes e de todos os rótulos para que sejam encaminhados à analise”, acrescentou Nogueira. Contudo, ainda não há prazo para a conclusão do trabalho.

COMPARTILHAR