Ministro da Saúde anuncia que deixará cargo para disputar eleição por vaga na Câmara

O ministro da Saúde, Ricardo Barros, anunciou nesta quinta-feira (4) que deixará a pasta para disputar a eleição de outubro por uma vaga de deputado federal. Ele não especificou, no entanto, a data em que se desligará do governo. De acordo com a legislação, o ministro que deseja participar das eleições deve pedir exoneração até 7 de abril. Com esse objetivo, dois ministros já deixaram o governo nos últimos dias: Ronaldo Nogueira (PTB-RS), do Trabalho; e Marcos Pereira (PRB), da Indústria e Comércio Exterior. Ainda há a expectativa que outros ministros façam o mesmo.

COMPARTILHAR