Número de estupros cometido por auxiliar de serviços gerais chega a 40 após investigação, afirma SSP-BA

 

Um auxiliar de serviços gerais, identificado como Luís Alberto dos Santos Farias, 35 anos, é acusado de ter cometido ‘’pelo menos’’ 40 estupros, em Salvador e Região Metropolitana, segundo informações da Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA). No entanto, o criminoso confessou apenas 13 estupros, durante uma apresentação no Departamento de Polícia Metropolitana (Depom).

De acordo com a polícia, Luís Alberto procurava as vítimas através de anúncios de emprego, em um site de vendas. Em seguida, ele se passava pelo motorista de um suposto contratante, dopava as mulheres e cometia os estupros. Os crimes atribuídos a Luís Alberto foram registrados entre fevereiro e setembro deste ano.

Ainda conforme a SSP-BA, o criminoso foi preso, nesta quinta-feira (10), em um centro Comercial, na Av. Octávio Mangabeira. Na ocasião, também foram apreendidos medicamentos, entre eles, um comprimido de estimulante sexual, além de uma balaclava preta e um coldre de arma de fogo. O criminoso foi preso em flagrante por estupro, em 2007, e possui uma condenação por receptação de veículo roubado.

A polícia informou que o estuprador está à disposição da Justiça e seguirá para o sistema prisional.

COMPARTILHAR