Organização de Garotinho tinha braço armado para intimidar pessoas, diz Justiça

 

O empresário André Luiz da Silva Rodrigues delatou ao Ministério Público Eleitoral que a organização criminosa do ex-governador Anthony Garotinho (PR) usava armas para viabilizar o esquema de dinheiro ilícito para campanha.

De acordo com o jornal O Estado de S.Paulo, sempre que fazia os saques de dinheiro, o empresário recebia ligações de do operador de Garotinho, Antônio Carlos Ribeiro, o “Toninho”, “braço armado da organização criminosa”, dando conta que estava sendo seguido.

COMPARTILHAR