PGR recorre contra decisão de Lewandowski que retira sigilo de delação não homologada

procuradora-geral da República, Raquel Dodge, recorreu da decisão do ministro Ricardo Lewandowski, do STF, de retirar o sigilo da colaboração premiada ainda não homologada de Renato Pereira, marqueteiro do PMDB no Rio de Janeiro. Ela alegou omissão e contradição.

Para Raquel, a decisão do ministro traz risco à segurança do delator. Ela se manifestou dizendo que a decisão não leva em conta a segurança do delator, que deve ser resguardada pela Justiça, e perdoi a restauração imediata do sigilo.

COMPARTILHAR