Planalto divulga vídeo em defesa do golpe militar de 64

 

O Palácio do Planalto distribuiu hoje (31) um vídeo em defesa do golpe de 1964. A narrativa do material usa a mesma definição adotada pelo presidente Jair Bolsonaro e alguns de seus ministros militares para classificar o fato histórico.

“O Exército nos salvou. O Exército nos salvou. Não há como negar. E tudo isso aconteceu num dia comum de hoje, um 31 de março. Não dá para mudar a história”, diz o apresentador do vídeo.

Hoje, o golpe completa 55 anos. Segundo a Comissão Nacional da Verdade, 434 pessoas foram mortas pela repressão militar ou desapareceram durante a ditadura (1964-1985).

Com quase dois minutos, o vídeo não traz a indicação de quem seria seu autor e foi distribuída por um número oficial de WhatsApp do Planalto, usado pela Secretaria de Comunicação da Presidência para o envio de mensagens de utilidade pública, notícias e serviços do governo federal.

O mesmo vídeo foi compartilhado hoje mais cedo no Twitter pelo deputado federal e filho do presidente, Eduardo Bolsonaro (PSL-SP).

https://twitter.com/BolsonaroSP/status/1112297862417797120?ref_src=twsrc%5Etfw%7Ctwcamp%5Etweetembed%7Ctwterm%5E1112297862417797120&ref_url=https%3A%2F%2Fwww.metro1.com.br%2Fnoticias%2Fbrasil%2F71137%2Cplanalto-divulga-video-em-defesa-do-golpe-militar-de-64.html

COMPARTILHAR