Polícias Civil e Militar evitam chacina entre facções de bandidos

Uma operação conjunta realizada por equipes da 34ª Delegacia Territorial e da 52ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Portão) evitaram, na segunda-feira (20), na localidade conhecida como ‘Pé Preto’, em Salvador, uma chacina entre facções criminosas da região. Na ação foram presos, Antônio Abrão Rodrigues Souza, 21 anos, Marcos dos Santos Gomes, 20, e Rosileide Araújo Santos, 32.

Por meio do Serviço de Inteligência da 34ª DT, policiais civis receberam informações de que um grupo de homens armados estava na região planejando atacar uma facção rival. Após fazerem o levantamento do informe, os investigadores solicitaram apoio aos militares 52ª CIPM e juntos foram até o local.

Ao chegarem na localização indicada pela denúncia, as guarnições foram recebidas a tiros, onde no revide, dois criminosos foram baleados e mesmo sendo encaminhados ao Hospital Menandro de Faria, não resistiram aos ferimentos. Com a chegada da polícia três criminosos conseguiram fugir.

Segundo a titular da 34ª DT, delegada Andrea Arrais, a motivação do crime seria a disputa pelo tráfico de drogas da região. “Todos os integrantes do grupo têm envolvimento com o tráfico, inclusive, alguns dele já possuem passagem pela polícia”, informou.

“Estamos nas buscas pelos bandidos que fugiram. Continuaremos nas ruas pelo combate e prevenção dos crimes. Essa foi mais uma grande ação entre as polícias Militar e Civil”, reforçou o comandante da 52ª CIPM, major Fabrício Oliveira.

Com o trio foram apreendidos duas pistolas, munições de fuzil e de outros calibres, uma sacola com drogas e roupas camufladas. Encaminhados a 34ª DT de Portão, Antônio, Marcos e Rosileide foram autuados por tráfico de drogas e associação ao tráfico.

COMPARTILHAR