Roger fala sobre a queda de rendimento do Bahia na temporada e afirma: “Tem aspectos positivos”

 

Na tarde deste domingo (8), o Bahia visitou o Fortaleza, no Castelão e foi derrotado pelo placar de 2 a 1. Com gols de Osvaldo e Tinga, o Tricolor Cearense encerrou a temporada em lua de mel com a torcida, enquanto o Esquadrão, já classificado para a Copa Sul-Americana, terminou a competição no 11° lugar. Em entrevista coletiva, Roger falou sobre a colocação alcançada pelo Bahia e sobre o rendimento da equipe tricolor ao longo da competição. “A gente tem que fazer uma avaliação do contexto geral, sem deixar de avaliar e dividir o campeonato por etapas e ver esses momentos que foram bons e outros nem tanto. A nossa queda durante o campeonato acaba sendo natural porque é um campeonato muito longo”, disse. “70% da competição a gente atuou em altíssimo nível, que nos credenciou até uma vaga perto do bloco que estaria na Libertadores. Uma queda técnica das nossas principais lideranças da equipe, que não sustentaram as boas atuações”, completou. O técnico elogiou o elenco e afirmou que a insatisfação da torcida fica por conta da expectativa gerada pelo desempenho dos atletas na primeira parte do Brasileirão. “Do contexto geral, na minha opinião, tem aspectos positivos. É claro que a frustração do torcedor pela expectativa gerada durante o ano, fica um gosto amargo em função do que a gente, do que os atletas, do que o grupo fez e o que poderia fazer na competição”, destacou

COMPARTILHAR