Secretaria de Segurança nega tiroteio dentro do Hospital do Subúrbio

 

A Secretaria da Segurança Pública esclarece que não houve tiroteio dentro do Hospital do Subúrbio, como chegou a circular em algumas redes sociais

Informações preliminares dão conta de que policiais foram acionados para conter Wesley Luís Queiroz Lima, custodiado no Hospital do Subúrbio por ter esfaqueado um PM.

Ainda segundo relatos de testemunhas, Wesley tentou roubar a arma de um policial civil que tentava imobiliza-lo, quando foram disparados dois tiros de advertência, procedimento padrão nestes casos. Ninguém ficou ferido.

Wesley deu entrada no Hospital Municipal de São Sebastião do Passé com ferimentos bala, após esfaquear um PM, numa tentativa de assalto no município, sendo preso após dar entrada no hospital. Em seguida foi regulado para o Hospital do Subúrbio onde dificultava o trabalho dos profissionais de saúde, que acionaram a presença policial. O caso é acompanhado pela Corregedoria da Polícia Civil e pelo Departamento de Polícia Metropolitana.

COMPARTILHAR