STJD mantém por enquanto resultado de Vitória e Ponte Preta

O presidente do Superior Tribunal de Justiça Desportiva, Ronaldo Piacente, indeferiu o pedido para a não homologação do resultado entre Ponte Preta e Vitória. A Procuradoria alega que a CBF deve validar o placar de 3 a 0 para os baianos, pedido sustentado pelo artigo 20 do Regulamento Geral de Competições. O presidente deixou a decisão nas mãos do Pleno do STJD, já que a alteração pode mexer na briga com Avaí, Sport e Coritiba pelas duas últimas vagas do rebaixamento.

STJD também interditou o estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. O presidente Ronaldo Botelho Piacente deferiu o pedido da Procuradoria, alegando falta de segurança no local, e ainda determinou que a Ponte Preta não terá torcida visitante na última rodada do Campeonato Brasileiro, quando enfrentará o Vasco em São Januário, no Rio de Janeiro, às 16h do próximo domingo.

Com o relato na súmula do árbitro Ricardo Marques Ribeiro e as imagens da TV Globo, a Procuradoria enquadrou a Ponte Preta nos artigos 211 e 213 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD). Na derrota por 3 a 2 para o Vitória, a torcida campineira invadiu e arremessou objetos no gramado, entrou em confronto com a Polícia Militar e depredou o estádio Moisés Lucarelli. O resultado rebaixou o clube para a Série B de 2018.

Ingressos domingo

Os ingressos começam a ser vendidos nos habituais locais para o torcedor do Vitória e do visitante somente nesta quinta-feira (30).

As promoções:

Preço único: R$ 15,00 (arquibancada) | R$ 30,00 (cadeira).

Visa Checkout: 50% de desconto na compra do primeiro ingresso com o cartão VISA, na função crédito, através do VISA Checkout pelo site da FutebolCard na internet.

Sócio +1: o sócio-torcedor (em dia) terá direito a levar um acompanhante para o mesmo setor, desde que entrem no mesmo momento.

Serviço:

Vitória x Flamengo (38ª rodada)

Local: Manoel Barradas

Data: 03/12/2017, às 16h

COMPARTILHAR