Vice-governador apresenta documentos para comprovar debate sobre a ponte com a Prefeitura de Salvador

 

O vice-governador da Bahia, João Leão (PP), levou inúmeros documentos para a apresentação sobre a ponte Salvador-Itaparica na Câmara Municipal de Salvador, nesta terça-feira (24). Dentre eles, boa parte demonstrava o convite do Governo do Estado à Prefeitura de Salvador para participar de eventos e reuniões relacionadas à construção do projeto.

O prefeito ACM Neto (DEM) chegou a dizer que obra não vai acontecer “por cima da prefeitura”. “Eu acredito que Neto tenha tido um lapso na hora que ele disse que nunca havia sido discutida a ponte Salvador-Itaparica com a prefeitura de Salvador. Isso aqui é 25 de fevereiro de 2013, assinatura de acordo de cooperação entre o Estado da Bahia e os municípios de Salvador e Vera Cuz. Lá o prefeito diz: ‘não há dúvida sobre a importância social e econômica desse projeto, que vai ser uma oportunidade de valorização da ilha e de toda a Baia de Todos os Santos”, ressaltou Leão.

O vice-governador lembrou que foram realizadas diversas reuniões com equipes da prefeitura de Salvador. Ele ainda mostrou uma foto entre o ex-governador Jaques Wagner e ACM Neto durante um dos encontros.

Durante uma brincadeira, ele falou que o prefeito é a favor da ponte. Ainda comprovando que houve debate com diversos poderes, Leão citou uma sessão especial na Câmara de Vereadores para acompanhamento do projeto de construção da ponte.

“O que nós queremos é parceria, não queremos passar o trator por cima da prefeitura. Estamos abertos a parcerias. A hora que a prefeitura quiser, toda nossa equipe técnica está à disposição para mostrar a importância da obra. Outra coisa que Neto falou é que as futuras gerações serão endividadas. Ao contrário, gente, essa ponte dobrará a receita do Estado, e não endividar. Fará com que tenhamos mais dinheiro para educação, para saúde, infraestrutura, para isso ou para aquilo”, assegurou.

*Colaborou Marcio Smith

COMPARTILHAR